Sintetizadores e Síntese Subtrativa
4.9 (77 ratings)
Course Ratings are calculated from individual students’ ratings and a variety of other signals, like age of rating and reliability, to ensure that they reflect course quality fairly and accurately.
147 students enrolled

Sintetizadores e Síntese Subtrativa

Aprenda a criar e editar sons com sintetizadores analógicos, digitais e virtuais
Highest Rated
4.9 (77 ratings)
Course Ratings are calculated from individual students’ ratings and a variety of other signals, like age of rating and reliability, to ensure that they reflect course quality fairly and accurately.
147 students enrolled
Created by Marcus Padrini
Last updated 5/2017
Portuguese
Portuguese [Auto-generated]
Price: $39.99
30-Day Money-Back Guarantee
This course includes
  • 5 hours on-demand video
  • 6 articles
  • Full lifetime access
  • Access on mobile and TV
  • Certificate of Completion
Training 5 or more people?

Get your team access to Udemy's top 3,000+ courses anytime, anywhere.

Try Udemy for Business
What you'll learn
  • Criar e editar sons em qualquer sintetizador que utilize a síntese subtrativa.
  • Conhecer sobre a história do sintetizador e sua evolução.

  • Compreender as diferenças entre sintetizadores analógicos, digitais e virtuais.

  • Compreender todos os conceitos fundamentais da Síntese Sonora Subtrativa e suas ferramentas.
  • Descrever sons utilizando elementos da percepção musical.
  • Analisar especificações de qualquer teclado sintetizador ou sintetizador virtual.
  • Utilizar os sintetizadores como poderosa ferramenta na produção musical.
Requirements
  • É desejável acompanhar o curso utilizando algum sintetizador: analógico, digital ou virtual.
Description

Sintetizadores são instrumentos musicais eletrônicos, capazes de oferecer ao músico acesso direto à manipulação do som que está sendo produzido. Você tem o controle do som, é capaz de moldá-lo, reproduzindo timbres existentes ou criando outros completamente novos! Esse processo acontece com ferramentas previstas em algo chamado de Síntese Sonora.

Muita gente adora os sintetizadores e os sons que eles são capazes de criar! Porém, poucos entendem como eles realmente funcionam e se sentem preparados para criar seus próprios timbres ou editar, com precisão, sons existentes em diferentes instrumentos. 

Esse curso explica os conceitos fundamentais dos sintetizadores e da síntese sonora subtrativa, utilizada pela grande maioria dos sintetizadores analógicos, digitais e virtuais. De forma didática, com exemplos de instrumentos reais e virtuais, iremos abordar tudo o que é necessário para que os sintetizadores passem a fazer mais sentido e possam ser ferramentas ainda mais úteis e apaixonantes para você! 


Who this course is for:
  • Tecladistas interessados em criar e editar timbres.
  • Músicos, profissionais ou amadores, interessados em aprender a criar e editar timbres utilizando teclados sintetizadores e síntese sonora.
Course content
Expand all 83 lectures 05:12:58
+ Introdução e breve histórico dos sintetizadores
7 lectures 18:27

Começa aqui o nosso curso sobre Sintetizadores e Síntese Sonora! Nesse vídeo, entenda a estrutura do curso e como será o nosso caminho nessa jornada!

Preview 02:06

Hora de saber um pouco mais sobre a definição de sintetizador.

Preview 01:54

Nesse breve histórico, vamos saber sobre nasceu o sintetizador moderno, conhecer as pessoas responsáveis pelo seu desenvolvimento e ver os seus primeiros passos na indústria musical.

Preview 05:03

Dos grandes, pesados e caros modulares, aos sintetizadores portáteis, que seguiram para os palcos e se popularizaram.

Breve história dos sintetizadores analógicos parte II - Minimoog, ARP e Polifôni
02:52

Na década de 80, o Yamaha DX7, os outros digitais e uma avalanche de timbres de sintetizadores em todos os estilos musicais.

Dias Digitais
02:40

Digitais que simulam analógicos, workstations, eurorack, instrumentos virtuais no computador, tablet e smartphone. Há sintetizadores para todos os gostos e bolsos.

A modernidade e a volta ao básico
03:23

Algumas informações adicionais importantes dessa unidade.

Anotações da Seção 1
00:29
Sintetizadores
3 questions
+ Som e elementos de percepção sonora
7 lectures 12:04

Antes de falarmos de síntese, precisamos passar por algumas características fundamentais do som. Para criar e editar nossos sons, falaremos e precisaremos delas a todo momento.

Preview 01:31

Volume ou amplitude das ondas sonoras.

Intensidade (Volume)
01:02

Sons graves ou agudos? Entenda as frequências.

Altura Tonal (Frequência)
03:04

Duração é outra característica importante nos elementos de percepção sonora.

Duração
00:46

Hora de definir o conceito de timbre e entender seus elementos.

Timbre
03:32

Um resumo do que vimos sobre elementos de percepção sonora.

Recapitulando
01:53

Algumas informações adicionais importantes dessa unidade.

Anotações da Seção 2
00:16
Som e Elementos de Percepção Sonora
2 questions
+ Osciladores
11 lectures 38:46

O conceito de Síntese Subtrativa e uma rápida explicação de como as coisas funcionam por aqui.

Preview 01:34

Conheça as características básicas dos osciladores, suas formas de onda e controles.

Osciladores
02:46

Dois exemplos de como os osciladores são implementados em sintetizadores analógicos e digitais.

Implementação dos Osciladores
06:26

Usando o que vimos até agora, vamos criar o nosso primeiro som: um lead simples de onda sine ou triangular.

Atividade 1: Triangle ou Sine Lead
05:34

Hora de conhecer o Sub Oscilador e o Mixer, a ferramenta que usamos para combinar diferentes OSCs.

Sub Oscilador e Mixer
00:37

Alguns exemplos de como combinar osciladores, variando volume e frequência.

Misturando os Osciladores
05:58

Hora de criar mais um timbre básico! Dessa vez, combinando osciladores com forma de onda quadrada, em diferentes oitavas.

Atividade 2: Square Lead
02:20

Dois oscs, uma forma de onda, um pouco de portamento. É a receita para um rápido e básico saw lead!

Atividade 3: Saw Lead
01:53

Presente em vários sintetizadores, a função uníssono cria timbres mais ricos, utilizando cópias dos osciladores principais, ligeiramente desafinadas.

Atividade 4: Uníssono
04:28

Hora de falar de algumas possibilidades dos osciladores digitais, como a utilização de formas de ondas gravadas de instrumentos acústicos, elétricos e outros.

Possibilidades Digitais
06:39

Algumas informações adicionais importantes dessa unidade.

Anotações da Seção 3
00:31
Osciladores
2 questions
+ Filtros
10 lectures 16:37

Se estamos falando de Síntese Subtrativa, é hora de conhecer a sua principal ferramenta: o filtro!

Preview 02:06

O princípio básico do filtro low-pass é atenuar as frequências mais agudas que a frequência de corte.

Low-Pass Filter e Cutoff
03:02

As frequências acima da frequência de corte não são eliminadas de forma abrupta. Conheça a curva de slope.

Filter Slope
01:51

O controle de ressonância intensifica as frequências próximas à frequência de corte. Veja e ouça o que é possível fazer com esse parâmetro.

Ressonância do Filtro
01:37

Um exercício simples para experimentar os resultados da variação de frequência de corte e ressonância em diferentes formas de onda.

Atividade 5: Experimentando com Low-Pass
01:34

Como o nome já diz, o filtro high-pass deixa passar as frequências mais agudas e atenua as mais graves.

Filtro High Pass
01:21

Conheça outros dois modelos de filtro que podem estar presentes no seu sintetizador.

Filtros Band-Pass e Notch
00:42

Alguns synths oferecem dois ou mais filtros. Saiba mais sobre como eles podem ser combinados.

Combinando filtros e explorando possibilidades
01:28

Qual filtro é melhor? As diferenças entre os filtros contribuem para que os timbres de sintetizadores distintos não sejam iguais. Confira algumas características.

Diferenciando filtros
02:04

Algumas informações adicionais importantes dessa unidade.

Anotações da Seção 4
00:52
Filtros
2 questions
+ Envelopes
11 lectures 43:39

É hora de começar a programar o sintetizador para que ele faça algumas modificações no som de forma automática!

Introdução Programação de Envelopes
00:40

Saiba o que são, para que servem e como funcionam os Geradores de Envoltória ou Envelope Generators.

Envelopes
01:29

O ADSR é o modelo de gerador de envelope mais famoso e mais encontrado nos sintetizadores.

ADSR
02:07

Um exemplo detalhado para a compreensão do Gerador de Envelope ADSR.

ADSR Exemplificando
04:49

Vamos criar um timbre de string ou pad utilizando o Envelope no Amplificador!

Atividade 6 - Envelope no Amplificador: Strings e Pads
07:08

Usando o sintetizador Roland JP8080, vamos criar um timbre com envelope característico de instrumentos acústicos de teclas.

Atividade 6 - Envelope no Amplificador: Timbre de teclas
04:21

Entenda como utilizar o envelope para controlar o comportamento do filtro.

Envelope no filtro
05:52

Veja como criar um timbre de funk bass com o seu sintetizador.

Atividade 7 - Envelope no filtro: Funk Bass
06:50

Vamos combinar envelopes de volume e filtro para criar um timbre de synth pad/strings.

Atividade 8 - Criando timbre com Envelopes de Amp e Filtro
08:09

Um pouco sobre os outros tipos de envelope que encontramos nos sintetizadores.

Além do ADSR
01:38

Algumas informações adicionais importantes dessa unidade.

Anotações da Seção 5
00:36
Envelopes
3 questions
+ Modulação e LFO
16 lectures 01:05:22

Conheça o LFO, ferramenta fundamental para realizarmos modulações nos sons gerados pelos sintetizadores!

Modulação e LFO
01:46

Aplicando a modulação do sinal gerado pelo LFO à frequência dos osciladores, podemos obter uma série de efeitos de afinação, entre eles o vibrato.

Modulação da Frequência
04:50

Hora de ver a modulação da frequência dos osciladores com o LFO em um sintetizador! Nesse exemplo, vamos trabalhar com o Moog Sub 37.

Modulação da Frequência PARTE II - Exemplo Moog
07:16

Modulando o amplificador, atuamos diretamente no volume do sintetizador. Escolhendo uma determinada frequência de modulação, podemos gerar efeitos como o trêmolo!

Modulação da Amplitude
03:03

Exemplo de modulação do LFO atuando no Amplificador com o Moog Sub 37!

Modulação da Amplitude PARTE II - Exemplo Moog
04:34

Aplicando o sinal gerado pelo LFO ao filtro, podemos controlar a frequência de corte.

LFO no Filtro
05:29

Um exemplo simples sobre a criação de um lead utilizando a modulação do filtro com o LFO.

Atividade 9 - Lead com filtro modulado pelo LFO
04:04

A forma de onda Sample & Hold pode ser utilizada de formas extremamente criativas para modulações, ainda mais com o recurso de LFO Sync!

Modulando o timbre com Sample & Hold e LFO Sync
06:12

Modular as frequências dos osciladores e do filtro é uma ótima dica para criar movimento em timbres de pads.

Atividade 10 - Criando pads em movimento com LFOs
04:52

A roda de modulação, ou Mod Wheel, pode ser usada para controlar o vibrato, a abertura do filtro e diversas outras modulações.

Controlando a Modulação - Mod Wheel
04:15

Presente em alguns teclado, o Aftertouch é um recurso capaz de converter a pressão exercida nas teclas em um sinal de modulação.

Aftertouch
02:20

Conheça a Matriz de Modulação, ferramenta presente em muitos sintetizadores para facilitar a configuração de diferentes modulações.

Matriz de Modulação
01:54

Exemplo de implementação de matriz de modulação no Korg Radias.

Matriz de Modulação PARTE II - Radias
05:53

Exemplo de implementação de matriz de modulação no Thor para iOS.

Matriz de Modulação PARTE III - Thor
04:03

Exemplo de implementação de matriz de modulação no Virus Indigo.

Matriz de Modulação PARTE VI - Virus Indigo
03:14

Algumas outras ferramentas de modulação: Ring Modulation, OSC Hard Sync e OSC Modulation.

Outras modulações
01:37
Modulação e LFO
3 questions
+ Criando e editando timbres
5 lectures 22:26

Para criar seus timbres e editar sons existentes, é fundamental ouvir de forma diferente.

Ouvindo com atenção
00:59

Conheça as principais categorias dos presets que chegam com os sintetizadores.

Timbres, presets e categorização
03:31

Com ajustes simples é possível obter rapidamente o timbre desejado.

Ajustando timbres em qualquer synth
06:18

Algumas dicas importantes para criar timbres do zero!

Passos para criar timbres do zero
02:46

Os sintetizadores apresentam uma série de limitações que podem e devem ser ultrapassadas com criatividade.

Trabalhando com limitações
08:52
+ Arpejadores e Sequenciadores
4 lectures 24:53

Conheça duas importantes ferramentas para performance com o sintetizador.

Sequenciadores e Arpejadores
01:33

Um pouco mais sobre arpejadores.

Sequenciadores e Arpejadores - Exemplo Arp
08:43

Entenda o funcionamento do sequenciador.

Sequenciadores e Arpejadores - Exemplo Sequencer 1
06:31

Alguns outros exemplos de sequenciadores.

Sequenciadores e Arpejadores - Exemplo Sequencer 2
08:06
Sequenciadores e Arpejadores
1 question
+ Efeitos
4 lectures 17:50

Efeitos podem fazer toda a diferença em alguns tipos de timbre. Conheça os principais efeitos utilizados com sintetizadores.

Efeitos
01:03

Synths digitais costumam contar com efeitos internos. Confira a demonstração com o Korg Radias.

Efeitos - Synths Digitais
08:47

Processando timbres com pedais e outros efeitos.

Efeitos - Pedais e Processadores
06:36

Synths virtuais geralmente apresentam vários efeitos.

Efeitos - Synths iOS
01:24
+ Blade Runner: construção de performance com o sintetizador
1 lecture 11:08

Vamos desmontar uma performance construída utilizando basicamente timbres de sintetizador e ferramentas que vimos ao longo do curso!

Blade Runner no sintetizador Radias
11:08