Orçamento de Obras com Project e Excel + Aplicativo Bônus
4.3 (897 ratings)
Course Ratings are calculated from individual students’ ratings and a variety of other signals, like age of rating and reliability, to ensure that they reflect course quality fairly and accurately.
3,138 students enrolled

Orçamento de Obras com Project e Excel + Aplicativo Bônus

Usando Tabelas CAIXA\SINAPI
Bestseller
4.3 (897 ratings)
Course Ratings are calculated from individual students’ ratings and a variety of other signals, like age of rating and reliability, to ensure that they reflect course quality fairly and accurately.
3,138 students enrolled
Last updated 4/2020
Portuguese
Current price: $139.99 Original price: $199.99 Discount: 30% off
5 hours left at this price!
30-Day Money-Back Guarantee
This course includes
  • 3.5 hours on-demand video
  • 45 downloadable resources
  • Full lifetime access
  • Access on mobile and TV
  • Certificate of Completion
Training 5 or more people?

Get your team access to 4,000+ top Udemy courses anytime, anywhere.

Try Udemy for Business
What you'll learn
  • Usar o Ms-Project para calcular o orçamento de obras, especialmente obras para CAIXA
  • Estruturar o plano de contas de serviços no Ms-Project para orçamento
  • Descobrir como acessar as bases de preços e custos do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI)
  • Analisar a correta relação ente os serviços do orçamento com as composições do SINAPI (e outras bases) informadas na planilha orçamentária no Ms-Project
  • Identificar através do aplicativo os erros mais comuns durante a elaboração da planilha de um orçamento no Ms-Project
  • Calcular o orçamento da obra a partir de diferentes bases (usando como exemplo a Prefeitura de São Paulo)
  • Desenvolver o Cronograma Físico no Ms-Project
  • Desenvolver o Cronograma Físico-Financeiro no Excel
Requirements
  • Conhecimentos básicos na leitura de projetos de arquitetura
  • Conhecimentos básicos sobre processos construtivos
  • Conhecimentos básicos sobre orçamento de obras de edificações
  • Se não conhecer o Ms-Project não tem problema. Além das explicações fundamentais do curso, você pode assistir dezenas de vídeos em meu canal do YouTube que indico na descrição de várias aulas
Description

Nesse curso você aprenderá como elaborar orçamentos no MS-PROJECT a partir dos preços e custos de referência das planilhas EXCEL públicas e constantemente atualizadas pela CAIXA e pelo IGBE do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI).

Também veremos como utilizar outras bases de dados disponíveis na Internet que gerem planilhas Excel de serviços e preços.

Para aprender de forma muito prática usaremos uma obra real, que é similar a milhares de obras financiadas pela CAIXA no Brasil e que usa portanto como base os preços do SINAPI

Além disso, nesse curso, você recebe como SUPERBÔNUS o aplicativo de automação que eu mesmo desenvolvi para buscar os dados nas planilhas SINAPI e calcular o orçamento da obra, facilitando o processo, aumentando a sua produtividade e de sua equipe técnica, como também simular o orçamento com preços baseados em datas e locais diferentes.
E ISSO É UM BÔNUS DO CURSO (você não paga nada mais por esse grande benefício)

Na aula 13 vou te pedir pra me mandar um e-mail que eu te retorno com o aplicativo Bônus, mas se quiser receber logo, envia um e-mail com o título:
APLICATIVO SINAPI

para
gerenciamento.obras.msproject@gmail.com

Esse aplicativo no Ms Project não está amarrado às planilhas do SINAPI, você pode usar outras bases públicas de preço e usá-las nos orçamentos das obras.

No curso iremos:
   - utilizar o projeto de uma obra real e similar a milhares de outras no Brasil
   - Estruturar o plano de contas de serviços no Ms-Project conforme o orçamento da planilha CAIXA do caso real
   - Analisar se estamos relacionando corretamente os serviços do orçamento/projeto com as composições do SINAPI
   - Identificar os erros mais comuns durante a elaboração da planilha de um orçamento
   - Calcular o orçamento da obra a partir de outra base pública de preços (usando como exemplo a Prefeitura de São Paulo)
   - Desenvolver o Cronograma Físico no Ms-Project, e
   - Desenvolver o Cronograma Físico-Financeiro no Excel

Conteúdo focado no orçamento de obras que você não irá encontrar em cursos presenciais ou mesmo em outros cursos on line!!!

Se você é estudante ou profissional de engenharia civil, construção de edifícios ou edificações, esse é o curso que vai abrir novas oportunidades em sua carreira!!!

Who this course is for:
  • Estudantes e profissionais das áreas de engenharia civil, construções de edifícios e edificações
Course content
Expand all 24 lectures 03:39:06
+ Introdução ao Curso
1 lecture 03:23

Nessa aula inicial vamos ter uma visão geral do que vai ser aprendido nesse curso exclusivo e inovador sobre orçamento de obras com Ms Project e Excel.

Preview 03:23
+ Introdução ao Orçamento de Obras
5 lectures 18:17

Conheça os três pontos críticos de sucesso de qualquer orçamento, seja uma estimativa preliminar, seja um estudo executivo. 

Preview 02:26

Nessa aula vamos entender o que é o CUB (Custo Unitário Básico), quem são os responsáveis por calculá-lo e qual norma estabelece sua metodologia.
No material complementar você pode acessar o projeto de revisão da norma pela data de 08 de junho de 2018

Um outro ponto importante:
Durante a elaboração de orçamento podem existir duas modalidades de preço: o desonerado e o não desonerado

Mas qual é a diferença entre preço desonerado e preço não desonerado?

Elas se referem aos custos de mão de obra quanto aos encargos sociais

Encargos sociais na construção civil

Encargos sociais são valores adicionais ao valor direto da mão-de-obra cobrados pelo governo que servem para custear programas e direitos trabalhistas.

Incluem, por exemplo, FGTS e as férias

Eles incidem sobre a folha de pagamento dos funcionários (operários e pessoal administrativo)


Em abril de 2013, foi publicada a Lei nº 12.844/2013, que instituiu a desoneração da folha de pagamentos.

Isso significou que determinadas empresas (conforme as condições da lei), incluindo empresas do segmento da construção civil, estariam desobrigadas de arcar com parte do ônus imposto em forma de encargos sociais - mais especificamente com a contribuição previdenciária de 20% recolhida para o INSS.

É por isso que surgiram as tabelas de preço desonerado e não desonerado no SINAPI (e outras bases de custo)


Como o valor dos encargos sociais é incluso no custo da mão de obra, diversos sistemas de composições de preços, como SINAPI, ORSE e SEINFRA, se adaptaram para oferecer tabelas para orçamentos de obras com as versões de preço desonerado (ou com desoneração) e não desonerado (sem desoneração).

Ou seja, o preço não desonerado (ou sem desoneração) é aquele que considera a contribuição previdenciária de 20% sobre a folha de pagamento.

E o preço desonerado (ou com desoneração) é aquele que não considera a contribuição previdenciária de 20%.

Preview 07:03

Nessa aula vamos entender o que são composições de serviço.
Como se estrutura uma ficha de composição em função dos materiais, mão-de-obra e serviços de terceiros

Um outro ponto importante:
Durante a elaboração de orçamento podem existir duas modalidades de preço: o desonerado e o não desonerado

Mas qual é a diferença entre preço desonerado e preço não desonerado?

Elas se referem aos custos de mão de obra quanto aos encargos sociais

Encargos sociais na construção civil

Encargos sociais são valores adicionais ao valor direto da mão-de-obra cobrados pelo governo que servem para custear programas e direitos trabalhistas.

Incluem, por exemplo, FGTS e as férias

Eles incidem sobre a folha de pagamento dos funcionários (operários e pessoal administrativo)


Em abril de 2013, foi publicada a Lei nº 12.844/2013, que instituiu a desoneração da folha de pagamentos.

Isso significou que determinadas empresas (conforme as condições da lei), incluindo empresas do segmento da construção civil, estariam desobrigadas de arcar com parte do ônus imposto em forma de encargos sociais - mais especificamente com a contribuição previdenciária de 20% recolhida para o INSS.

É por isso que surgiram as tabelas de preço desonerado e não desonerado no SINAPI (e outras bases de custo)


Como o valor dos encargos sociais é incluso no custo da mão de obra, diversos sistemas de composições de preços, como SINAPI, ORSE e SEINFRA, se adaptaram para oferecer tabelas para orçamentos de obras com as versões de preço desonerado (ou com desoneração) e não desonerado (sem desoneração).

Ou seja, o preço não desonerado (ou sem desoneração) é aquele que considera a contribuição previdenciária de 20% sobre a folha de pagamento.

E o preço desonerado (ou com desoneração) é aquele que não considera a contribuição previdenciária de 20%.

Preview 02:38
Exemplo Prático e Real de Composição Unitária de Serviço
04:04

Nessa aula vamos calcular um item (ou etapa) do orçamento considerando as quantidades a partir do projeto com o custo unitário da composição.

Calculando o Custo de um Item do Orçamento pelas Composições
02:06
+ Conhecendo a Obra Real e o SINAPI
3 lectures 14:12

​Nessa aula vamos conhecer o projeto da obra que será orçada usando o aplicativo exclusivo que você receberá no curso e permite calcular o orçamento no Ms Project

O Projeto da Obra Real
03:54

Nessa aula vamos entender a organização das informações na planilha padrão do orçamento da CAIXA para a obra real de 119 unidades residenciais que usaremos para o desenvolvimento do orçamento.

Planilha do Orçamento Discriminativo CAIXA
04:56

Nessa aula conheceremos o Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI) que é indicado pelo Decreto 7983/2013, que por sua vez estabeleceu regras e critérios para elaboração do orçamento de referência de obras e serviços de engenharia, contratados e executados com recursos dos orçamentos da União.

As composições nele são calculadas com (oneradas) ou sem (desoneradas) a contribuição de INSS de 20% sobre folha de pagamento.

Para mais informações sobre esse assunto dá uma lida no arquivo do material complementar

Preview 05:22
+ Lançando os Dados da Planilha Orçamentária no Ms Project
4 lectures 59:07

Nessa aula teremos uma visão mais detalhada do processo de cálculo do orçamento no Ms-Project a partir das planilhas Excel de custos do SINAPI
Assim ficará mais claro para você onde chegaremos seguindo os passos das próximas aulas

Preview 09:29

Nessa aula iremos elaborar a estrutura do orçamento, itens e subitens, a partir da planilha do Orçamento Discriminativo, diretamente no Ms Project.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube
https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject

Tabela Orçamento e Estruturação dos Serviços
23:19

​Olá, estamos usando como exemplo um caso real da época em que o curso foi criado

A CAIXA com o tempo faz algumas alterações no layout de sua planilha, mas fique tranquilo(a), porque isso não afeta nada no seu aprendizado

E quando você for aplicar esses conhecimentos em uma obra, ela sempre terá as informações que você irá aprender a usar, mesmo que seja com uma planilha de laytou diferente​

Nessa aula iremos compreender como o Ms Project organiza as colunas das tabelas, que são campos pré-definidos de informação, e iniciar o processo de cópia dos dados do orçamento do Excel para o Ms-Project

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Quantidade dos Serviços da Planilha - PARTE I
11:31

Nessa aula iremos passo a passo concluir o lançamento das quantidades unitárias, unidades e códigos das composições.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Quantidade dos Serviços da Planilha - PARTE II
14:48
+ Elaborando o Orçamento da Obra
5 lectures 52:40

Nessa aula veremos como usar o material complementar para instalar o aplicativo em seu Ms Project. Você criará a guia de opções com o SEU NOME ou da SUA EMPRESA com o botão que irá usar para o cálculo do orçamento da obra.

No material complementar você tem um arquivo na versão 2007 e outro na versão 2016 com o código do Aplicativo neles
Se tiver a versão 2010 do Ms Project pode usar o arquivo 2007 que atende

Fiz isso por causa de algumas diferenças nessas versões


Caso tenha algum problema para baixar o arquivo pode encaminhar um e-mail para mim que te envio em retorno o arquivo com o aplicativo.

gerenciamento.obras.msproject@gmail.com

Use o assunto: Aplicativo orçamento SINAPI

Instalando o Aplicativo no seu Ms Project
09:17

Nessa aula vamos executar o primeiro cálculo do orçamento entendendo passo a passo cada operação, as observações (avisos) do aplicativo ao final do orçamento.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Preview 10:21

Nessa aula iremos fazer o primeiro ajuste do nosso orçamento calculado na aula passada.

Identificaremos erro de digitação da composição no Ms-Project, criaremos um serviço adicional e faremos uma estimativa do seu custo, e por fim vamos localizar mais um serviço que faltou ser incluído.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Preview 19:19

Nessa aula veremos o que acontece quando usamos uma outra planilha.

No caso uma outra planilha SINAPI é usada em um novo cálculo.

Resumindo:
- As composições cujos códigos forem encontrados na planilha indicada nesse novo cálculo, terão seus preços atualizados, assim como a rastreabilidade do nome da planilha e seu local;
- As composições cujos códigos não forem encontrados nessa nova planilha, e que foram encontradas na(s) planilha(s) anterior(es), não serão alteradas, assim você pode continuar rastreando sempre de onde veio a informação de custo do orçamento.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Preview 06:55

Nessa aula vamos conhecer outra fonte de dados de custos de composições.
A Prefeitura de São Paulo possui uma base on line onde você pode baixar bastante material, desde planilhas e textos explicativos de edificações e infraestrutura.

Outros órgãos de obras de Estados e prefeituras também possuem (mas nem todos geram planilhas em Excel).
Você pode pesquisar na internet e usá-los como referência

Usando Preços da Planilha da Prefeitura de São Paulo
06:48
+ Cronograma Físico FInanceiro
6 lectures 01:11:27

Nessa aula veremos dois pontos fundamentais para o início do cronograma: (1) Data de início e (2) Feriados

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Iniciando o Cronograma
07:22

Nessa aula veremos como definir feriados fixos e móveis, recessos, compensações e compartilhar calendários entre arquivos.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Dominando Calendários
17:07

Nessa aula vamos entender os diferentes locais de configuração de horários que interferem no cronograma do Ms-Project. É muito comum cronogramas com problemas porque o planejador não sabe onde / como definir corretamente essas configurações.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Dominando a Configuração de Horários no Ms Project
15:55

Nessa aula vermos como inserir informações de duração dos serviços e como definir a sequência de execução.

Para maior aprofundamento sobre esse tema existe o curso MASTER em Ms PROJECT.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Definindo as Durações e Sequência dos Serviços
14:06

Nessa aula aprenderemos os passos para visualizar o Cronograma Físico Financeiro mensal no Ms-Project.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Cronograma Físico FInanceiro
05:44

Nessa aula levaremos os valores mensais totais do nosso cronograma físico financeiro para o Excel, montaremos as Curvas S Planejadas e Real para o acompanhamento da evolução da obra.

Para mais conteúdos (grátis) sobre Ms-Project visite meu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/AlexAmaranteFormaçãoPLENAemMsProject


Curva S no Excel
11:13