Novas trilhas mentais docentes e discentes em Fisioterapia

Conceitos das neurociências aplicados ao desenvolvimento de Planos de Ensino inovadores
Portuguese
Portuguese [Auto]
Compreender a mudança dos processos educacionais na era pós-digital, e tendo como referência as diferentes gerações que interagem no mundo do trabalho educacional
Entender como se processa um a aprendizagem significada, do ponto de vista das neurociências
Migrar novos conceitos de foco e de atenção, nascidos nas áreas de comunicação e marketing, para o planejamento da aprendizagem
Ampliar e atualizar repertórios na área de Educação Superior, utilizando estratégias do Storytelling, Behavior Design e Design Thinking como pontos de partida para a elaboração de um Plano de Ensino acadêmico

Requirements

  • Ser professor (graduação ou pós-graduação) em cursos de Fisioterapia
  • Ser profissional na área de Fisioterapia, com interesse em planejamentos educacionais inovadores e engajadores
  • Ser candidato a concursos públicos da carreira do magistério superior, com interesse em planejamentos educacionais inovadores e engajadores

Description

Em tempos de conflitos de gerações, a sala de aula tradicional está passando por mudanças e transformações. De um lado, duas gerações (Baby Boomers e X) que hoje ocupam a docência, foram formadas em modelos lineares, em paradigmas de CONTEÚDO, DIPLOMAÇÃO, pensamento de MASSA.

Nos últimos anos, carreira docente começou a Geração Y, que teve uma formação mais híbrida, mais dinâmica, mediada por tecnologias, games, mundo digital. Embora essa seja uma geração mais ágil, ela carece de novos modelos a aplicar para transformar a sala de aula e a própria atuação docente. Na falta de modelos e soluções, a Geração Y vem repetindo os antigos padrões de professor-slide-sala de aula, tentando algumas pitadas de novidades. Mas estão perdidos no meio de um caminho da era pós-digital e ainda estão longe de ser inovadores, embora anseiem e estejam abertos para essa nova visão de educação.

Por sua vez, o estudante não se adapta aos velhos modelos, que lhe parecem (e são) totalmente desprovidos de significados, além de serem restritos no tempo e no espaço de uma sala de aula. A velha aula expositiva é pobre de conteúdo formal, considerando o novo modelo de vida e acesso digital na palma da mão: sozinho, qualquer estudante pode encontrar muito mais informações e conteúdos do que aqueles que um professor é capaz de organizar, no tempo de uma aula.

Diante desse cenário, é hora de se perguntar porque, afinal, continuam os velhos modelos de sala de aula, de ensinar conteúdos e de diplomar massas sem personalização?

Para dar novo sentido ao processo de aprendizagem ativa, é preciso que professores e estudantes conheçam e apliquem um novo conceito em suas práticas de ensino-aprendizagem: conhecer as trilhas mentais e as condições de foco para formação de trilhas de aprendizagem mais efetivas e dinâmicas.

Trabalhar com conceitos novos, advindos de outras áreas para além da Pedagogia, especialmente das neurociências. Conceitos como FOCO, TRILHAS MENTAIS, DESENHO DE COMPORTAMENTO, DESIGN THINKING e CAPTURA NEURAL para APRENDIZAGENS SIGNIFICADAS são os conceitos e práticas trabalhados nessa Oficina Online.

Esse curso é o primeiro de uma série, e foi planejado para atender a professores que querem se reposicionar no mercado competitivo, apresentando resultados de aprendizagens mais positivos pela transformação do planejamento e das atitudes docentes.

Para trabalhar com metodologias ativas é necessário, antes, pensar ativamente, planejar ativamente e agir ativamente. Comece esse processo agora.

Bem-vindo a um novo mundo!

Who this course is for:

  • Professores de cursos de Fisioterapia que desejam reposicionar carreiras docentes
  • Estudantes de pós-graduação (lato ou stricto sensu) que desejam fazer carreira no magistério superior
  • Profissionais de Fisioterapia que apliquem processos educacionais em suas atividades, em diferentes ambientes (atenção à saúde, empresarial, mídias)
  • Candidatos a concursos públicos para a carreira no magistério superior, para preparar materiais melhores para Provas Didáticas

Course content

5 sections9 lectures35m total length
  • A diferença entre as Gerações e as diferentes trilhas mentais
    03:52

Instructor

Soluções em Design Educacional e Cinesiociências
DENISE DA VINHA
  • 4.4 Instructor Rating
  • 107 Reviews
  • 1,479 Students
  • 6 Courses

Sou uma "perennial": tenho toda a experiência da minha geração X, mas sempre trabalhei com mindset exponencial. Sou fisioterapeuta e atuo na Educação Superior há mais de três décadas. Sou Especialista, Mestre e Doutora em áreas clínicas relacionadas à Fisioterapia e Medicina, e sou Pós-Doutora em Engenharia Biomédica.

Mas o melhor do meu currículo não está no Lattes, ou no LinkedIn, e sim, nas minhas realizações profissionais. Desenvolvi a BIOFOTOGRAMETRIA, ou BFG (1999), e hoje sou a única fisioterapeuta brasileira a possuir uma produção intelectual vigorando no Referencial de Honorários de sua classe profissional.

Com a BFG passei a trabalhar em paradigmas diferentes: quantificar o movimento, analisar o impacto de fatores externos e internos sobre esse movimento; dar suporte de quantificação para desenvolvimentos terapêuticos sobre a função motora; associar diferentes sinais de quantificação para fortalecer conclusões e dar suporte às práticas baseadas em evidências; inovar no design educacional, aplicando a BFG como recurso em metodologias ativas de aprendizagem. Essas são minhas expertises.

No Ensino Superior, as metodologias ativas de aprendizagem fazem parte do meu repertório desde 1998. Desde então, busquei formações em diferentes processos e metodologias ativas, como Problem Based Learning (PBL), Project Based Learning, Flipped Classroom, Design Thinking e há mais de duas décadas atuo nas salas de aula da graduação e da pós-graduação com estratégias de aprendizagem significada.

Além de implantar e coordenar Cursos de Fisioterapia, fui coordenadora do Curso de Medicina de uma universidade pública, na sua fase de implantação e desenvolvimento de projeto pedagógico. Esse foi um feito memorável para quem não tem formação médica: um reconhecimento à minha competência de pensar transversalmente a Educação e a Saúde, na formação de novos profissionais.

Pelo Inep/MEC, atuei como elaboradora e revisora do Banco Nacional de Itens do ENADE (Fisioterapia), assim como Avaliadora de Cursos de Residência Multiprofissional em Saúde. Tenho um vasto portfolio de atuações nas áreas de gestão e consultorias na design e implementação de projetos pedagógicos de cursos, total e parcialmente concebidos com metodologias ativas e baseados em competências.

Capacito docentes para atuarem de forma diferenciada e integradora, tanto na sala de aula quanto nas unidades de gestão do conhecimento (Colegiados, NDE, Coordenação de Cursos). Desenvolvo recursos e estratégias de suporte para a migração das ações conteudistas convertendo-as para desenhos educacionais mediados pela inovação e tecnologias.

Hoje, minha experiência e conhecimento, desenvolvidos ao longo de mais de três décadas de atuação, na prática clínica e nas atuações educacionais, estão compartilhados também aqui, expandindo meus espaços de tutoria e chegando mais agilmente àqueles que querem fazer diferente, para fazer a diferença, nessa mudança de era.

Tecnologias, inovação, growth mindset, criatividade, empatia e muito conhecimento. Essas são as minhas ferramentas nesse meu espaço Udemy.